Percentual de etanol na gasolina não deverá aumentar esse ano

Dificilmente será possível aumentar o porcentual de etanol na gasolina este ano. A avaliação é do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Segundo ele, para que isso ocorresse, seria necessária a garantia de que os produtores de etanol teriam condições de abastecer o mercado.“Tudo indica que a produção de etanol neste ano será parecida com a de 2011, que foi insuficiente”, afirmou Lobão a jornalistas na quarta-feira (18), ao chegar à sede do ministério acompanhado da presidente da Petrobras, Graça Foster.

“Dificilmente o porcentual de etanol na gasolina aumentará neste ano, mas estamos examinando. Nós só podemos fazer o aumento de 20% para 25%, ou 23%, ou 22%, tendo a garantia da existência de etanol, que não há hoje em dia”, disse.

O ministro também mencionou que a Petrobras continua insistindo na necessidade de aumentar o preço da gasolina. Para ele, o último reajuste foi aquém do que a empresa pedia e os preços continuam defasados. “Vai ter, quando, não sabemos”, declarou, confirmando que haverá um novo reajuste do combustível. “São preços realmente defasados, que não eram alterados há muitos anos, mas as alterações feitas foram por conta da mudança na Cide, e mesmo assim aquém daquilo que a Petrobras notava como defasagem”, reiterou.

“Portanto, terá que haver reajuste.” Segundo ele, os ministérios avaliam quando esse reajuste pode ser aplicado.

Informação de: Gazeta do Povo

Anúncios
Esse post foi publicado em Biomassa, Políticas Públicas, Transporte e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s