Produção de célula solar com grama

Cientistas esperam levar painéis solares para pessoas que nunca pensaram em utilizar esse tipo de energia.

Uma equipe de pesquisadores do MIT, nos EUA, descobriu uma técnica ambientalmente correta para a produção de celular solares com grama. Trata-se de uma solução mais barata quando comparada a produção de painéis solares convencionais. Os cientistas descobriram que nada na natureza consegue absorver tanta energia quando as plantas. Então, criaram o projeto, que irá ajudar a produzir células solares a partir de uma mistura de grama ou resíduos agrícolas.

O método de produção solar utiliza grama, pó estabilizador – que é feito de óxido de titânio e óxido de zinco – junto de um metal ou substrato de vidro a fim de replicar o processo de fotossíntese.

O trabalho é uma extensão de um projeto iniciado há oito anos por Shuguang Zhang, cientista principal da pesquisa e diretor associado do Centro do MIT de Engenharia Biomédica. A pesquisa foi financiada em parte por uma concessão da Intel Corp, e também incluiu pesquisadores da Universidade de Tennessee.

Os cientistas do MIT tem se esforçado com o objetivo de estabilizar a estrutura responsável pela realização do processo de fotossíntese no interior das células das plantas. Essa fotossíntese também contribuirá para a produção de energia como substrato e irá produzir uma corrente elétrica quando expostos à luz solar.

Andreas Mershin, pesquisador do MIT espera que uma mistura de todos os itens gere uma pintura. Então, as pessoas poderão aplicá-la em seus telhados no lugar de painéis solares. Assim, será fácil para qualquer um criar painéis solares sem gastar muito. Como o sistema é barato e simples, os cientistas esperam que a técnica se torne uma maneira de levar painéis solares para pessoas que nunca pensaram em utilizar esse tipo de energia.

No entanto, é preciso melhorar a eficiência dos novos equipamentos. A taxa atual de eficiência dessa tecnologia é menor do que 2%. Ela precisa ser aumentada em dez vezes para se tornar uma fonte viável para a produção de energia solar.

Informação de: Info Exame

Anúncios
Esse post foi publicado em Eficiência Energética, Geração Distribuida, P&D e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s